quinta-feira, janeiro 27, 2022

Bancos devem detalhar na fatura cobrança de crédito rotativo e outros tipos de financiamentos

Cliente pode procurar taxas mais vantajosas para o parcelamento da fatura

Desde abril do ano passado, a utilização da modalidade rotativo do cartão de crédito está limitada a 30 dias. Após esse prazo, o cliente deve pagar o saldo devedor ou tentar financiá-lo com a própria instituição, em condições mais vantajosas do que as do crédito rotativo. A medida faz parte da Agenda BC+, pilar Crédito Mais Barato, e resultou em queda de 122,2 pontos percentuais nos juros cobrados de pessoas físicas nessa modalidade nos últimos 12 meses, de acordo com a edição mais recente das Estatísticas Monetárias e de Crédito.

Conforme estabelece a norma, a fatura deve informar de forma detalhada o saldo devedor total, os valores relativos a compras do mês, os valores referentes ao crédito rotativo não pagos no mês anterior e eventuais refinanciamentos. Esse detalhamento é fundamental para que os usuários de cartão de crédito compreendam suas dívidas e busquem opções com taxas de juros mais baratas, destaca o chefe do Departamento de Atendimento ao Cidadão do BC (Deati), Carlos Eduardo Rodrigues:

“Se não conseguir pagar o total da fatura do cartão, o cidadão pode já buscar as taxas de juros mais baixas que as cobradas na modalidade rotativo. Se entrar no rotativo e não pagar integralmente na próxima fatura, o cidadão pode negociar taxas mais baixas no banco onde é cliente ou em outra instituição financeira”, reforça Carlos.

Veja a seguir como ler a fatura do seu cartão de crédito. E, ao final do texto, outros dois modelos de fatura, com crédito rotativo e financiamento automático.

fatura 1

Parcelamento ‘automático’ da fatura
Entre junho e 18 de setembro deste ano, o BC recebeu cerca de 900 reclamações referentes a concessão de crédito, inclusive rotativo, pelo cartão de crédito. A maior parte delas menciona o parcelamento automático do saldo devedor como problema no relacionamento entre o cliente e sua instituição financeira. Coordenador no Deati, João Paulo Resende Borges explica que, com base nas normas em vigor, muitos bancos passaram a oferecer o financiamento na própria fatura, o que pode dar impressão ao cliente de um parcelamento automático.

“Caso o cliente não pague o valor total da fatura, o saldo devedor remanescente é financiado por meio de uma operação de crédito. Em alguns casos, o saldo devedor é financiado por meio do crédito rotativo. Contudo, em muitos casos, as instituições financeiras já oferecem, na própria fatura, a opção de pagamento parcelado desse saldo, sem que o cliente precise entrar no rotativo”.

Na maioria das vezes, a fatura traz, além do valor para pagamento integral, a informação de que, caso o cliente pague apenas o limite mínimo ou valor inferior ao total, o saldo não pago será parcelado nas condições apresentadas. “O problema é que essa informação pode nem sempre ser exibida de forma transparente e o dono do cartão pode não perceber esse detalhe. Por isso, os cidadãos registram demandas no Banco Central reclamando que sua fatura foi automaticamente parcelada”, detalha João Paulo.

O parcelamento automático só pode ocorrer se houver previsão no contrato do cartão de crédito e caso o cliente pague um dos boletos ofertados com valor inferior ao total da fatura.

Para esclarecer dúvidas sobre o assunto, o Banco Central publicou em agosto um FAQ com as questões mais recorrentes sobre a utilização do crédito rotativo.

Por Banco Central do Brasil

Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!