terça-feira, janeiro 25, 2022

Conselho Federal de Contabilidade apresenta sugestões para a MP 627

28/02 – CFC – Conselho Federal de Contabilidade
O vice-presidente de Registro do CFC, Nelson Zafra, apresentou, nesta quarta-feira (26), as sugestões do conselho para a Medida Provisória 627, que trata, entre outros assuntos, da extinção do Regime Tributário de Transição (RTT).  O trabalho foi apresentado durante a audiência pública da comissão mista, do Congresso Nacional, que analisa a MP 627/2013.
“A medida entra nessa seara como uma necessidade. Elaborada com o objetivo de ajustar o entendimento legal e tributário às regras contábeis, o texto é aguardado há seis anos, mas ainda depende de avaliações e ajustes, tanto que foi objeto de centenas de emendas apresentadas”, afirmou Zafra.
As principais sugestões são relacionadas aos artigos que tratam sobre as multas estipuladas para o e-LALUR (Livro Eletrônico de Escrituração e Apuração do IRPJ e CSLL sobre o Lucro Líquido da Pessoa Jurídica Tributada pelo Lucro Real), sobre o Ajuste a Valor Presente (AVP), subcontas para AVP e AVJ, subvenções para investimento, juros sobre o Capital Próprio, concessões de serviços públicos, isenção na distribuição de lucros e dividendos gerados no RTT.
Sobre o RTT, o vice-presidente explicou que o conselho desaprova qualquer norma restritiva com o objetivo de impor condições para isentar somente os lucros e dividendos efetivamente pagos até a data de publicação da lei, resultado da conversão da MP 627, como apresenta o texto. “Por ocasião da publicação da Instrução Normativa, da Receita Federal, nº 1.397/2013, o CFC, em conjunto com outras entidades, já se posicionou no sentido de que não deve haver tributação sobre dividendos pela diferença entre critérios societários e fiscais”, disse Nelson Zafra.
Ele também ressaltou normas que não estão cobertas pela medida e que podem gerar controvérsias após a aprovação da lei, como a NBC TG 30, que trata do reconhecimento de receitas; a NGB TG 39, sobre instrumentos financeiros; e a NBC TG 1000, relacionada a contabilidade para as Pequenas e Médias Empresas.  Zafra alertou  ainda para a dificuldade que as pequenas e médias empresas podem encontrar para se adaptarem às novas regras. Para ele, é preciso levar em consideração que tais companhias não têm estrutura e condições financeiras para atender o novo padrão, diferente da situação das grandes empresas de capital aberto.
O relator, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), voltou a afirmar que continuará fazendo ajustes no texto de seu relatório, com a meta de votá-lo na comissão em março. A proposição já recebeu 513 emendas desde que chegou ao Parlamento. Também participaram do evento o subsecretário de Fiscalização da Receita Federal, Iágaro Jung Martins; representante da Confederação Nacional das Insttituições Financeiras (CNF), Calos Pelá; o presidente da Cooperativa da Música e representante da Federação Nacional das Cooperativas Culturais, Luís Felipe Gama; o coordenador do Comitê Jurídico e Tributário da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (ABDIB), Marcelo Baeta; e os advogados André Martins de Andrade e Andrea Bazzo Lauletta.
Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!