domingo, janeiro 23, 2022

Gasto no exterior soma US$ 2,23 bilhões em maio, recorde para o mês

21/06 – Os gastos de brasileiros no exterior somaram US$ 2,23 bilhões em maio deste ano, informou nesta sexta-feira (21) o Banco Central. Segundo dados da autoridade monetária, isso representa novo recorde para meses de maio.
Até o momento, o maior valor para despesas de brasileiros no exterior, para meses de maio, havia sido registrado em 2012, no valor de US$ 1,82 bilhão. A série histórica do BC para este indicador tem início em 1947.

Nos cinco primeiros deste ano, ainda segundo dados oficiais, os gastos de brasileiros no exterior totalizaram US$ 10,37 bilhões, novo recorde histórico para o período, com alta de 15% frente ao mesmo período do ano passado (US$ 9,01 bilhões).
Renda e dólar alto
O aumento dos gastos no exterior neste ano está relacionado, segundo economistas, com a continuidade do crescimento do emprego e da renda no Brasil, mesmo com um ritmo menor de expansão da economia brasileira.
Os números do BC mostram que as despesas cresceram fortemente em maio deste ano apesar da alta do dólar – fator que encarece passagens e despesas em moeda estrangeira e desestimula o gasto lá fora. Em abril, o dólar oscilou ao redor de R$ 2. A partir de meados de maio, de acordo com dados da autoridade monetária, a moeda norte-americana começou a subir, terminando o mês passado em R$ 2,13 (cotação média – PTAX).
Gastos são ‘sensíveis’ ao dólar
O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel, confirmou que o valor dos gastos de brasileiros no exterior é uma variável “sensível” ao valor do dólar. “Esperamos algum grau de arrefecimento [das despesas no exterior com a alta da moeda norte-americana], mas você tem alguma defasagem nesse movimento pois há compra de pacotes antecipadamente [antes de o dólar subir]. Não tem necessariamente uma resposta imediata”, declarou ele.
Histórico de gastos no exterior
Em 2012, os gastos no exterior somaram US$ 22,2 bilhões e bateram recorde para um ano fechado. Em 2011, as despesas de brasileiros lá fora haviam somado US$ 21,2 bilhões. Deste modo, o crescimento, de 2011 para 2012, foi de 4,5%.
Até 1994, quando foi editado o Plano Real, que conteve a hiperinflação no Brasil, os gastos de brasileiros no exterior não tinham atingido a barreira dos US$ 2 bilhões. Naquele ano, somaram US$ 2,23 bilhões. Entre 1996 e 1998, as despesas no exterior oscilaram entre US$ 4 bilhões e US$ 5,7 bilhões.
Com a maxidesvalorização cambial de 1999, com o dólar subindo para acima de R$ 3 em um primeiro momento, as despesas no exterior também ficaram mais caras. Com isso, os gastos no exterior voltaram a recuar e ficaram, naquele ano, próximos de US$ 3 bilhões.
As despesas de brasileiros no exterior voltaram a atingir a barreira de US$ 5 bilhões por ano somente em 2006. Desde então, têm apresentado forte crescimento. Em 2007, 2008 e 2009, por exemplo, atingiram, respectivamente, US$ 8,2 bilhões, US$ 10,9 bilhões e US$ 10,8 bilhões.
Fonte: G1 Brasília
Escrito por: Alexandro Martello
Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!