sexta-feira, janeiro 21, 2022

Ifac e Iaesb em transição do Board de emissão de normas para um modelo diferente

Apêndice 1

A Ifac, International Federation of Accountants e o International Accounting Education Standards Board (Iaesb) anunciaram ontem 31, um novo caminho para a educação contábil global e o desenvolvimento profissional.

Para se manterem relevantes em um ambiente de rápidas mudanças, os profissionais de contabilidade devem cada vez mais demonstrar habilidades além daquelas competências tipicamente reconhecidas. O Iaesb e a Ifac reconhecem que as macro tendências atuais têm implicações diretas para a abordagem da profissão contábil no desenvolvimento profissional.

Para garantir que a profissão contábil possa lidar com os desafios de um ambiente de constante mudança, está sendo desenvolvido um modelo diferente, tendo em conta os benefícios que poderão ser alcançados por meio de uma abordagem compreensiva e integrada da educação contábil internacional. O modelo continuará a desenvolver o ensino de Contabilidade internacional no interesse público com a legitimidade necessária para as partes interessadas ao redor do mundo continuarem participando e aceitando seus resultados como críveis. O modelo vai ser supervisionado pelo Board da IFAC ao invés do Public Interest Oversight Board (PIOB).

Um grupo consultivo composto por diversas partes interessadas está sendo estabelecido para consultar as principais partes interessadas, informar sobre o desenvolvimento do modelo futuro e facilitar uma transição gradual das atividades do IAESB. O grupo consultivo vai incluir o IAESB e a representação do Grupo consultivo do IAESB, que será fundamental no desenvolvimento e implantação do novo modelo.

“A economia global, a tecnologia e os imperativos educativos estão colocando novas demandas na profissão global, e nós devemos nos antecipar e nos preparar para o futuro”, é o que diz Anne Marie Vitale, presidente do novo grupo consultivo e vice-presidente do IAESB. “Nós trabalharemos com as partes interessadas para desenvolver um modelo que considere, aborde e promova as necessidades dos contadores atuais e futuros, assim como ações do interesse público em desenvolver uma profissão contábil robusta e relevante”.

O IAESB tem contribuído consideravelmente para a educação internacional da Contabilidade e para a profissão contábil global por meio do desenvolvimento de Normas Internacionais de Educação (IES, na sigla em inglês) de alta qualidade e de relevância, com o apoio das relações das partes interessadas para entender melhor as necessidades futuras da profissão. O novo modelo continuará com a implementação das IES e com o fortalecimento da capacidade das organizações profissionais de contabilidade.

Antes da transição, o IAESB irá manter o foco em acelerar a conclusão dos seus projetos prioritários, incluindo a revisão das normas do Desenvolvimento Profissional Continuado e a finalização das novas orientações relacionadas, além do seu trabalho crucial em Informação e Tecnologia da Comunicação e Ceticismo Profissional. Também progredirá nos principais fluxos de trabalho para posicionar melhor o modelo, e assim, obter o máximo de vantagem do importante corpo de trabalho do IAESB.

“É premente A necessidade de orientação em tempo real e ação na educação contábil”, é o que diz o presidente do IAESB Chris Austin. “Enquanto o IAESB tem tido um grande progresso na melhora da qualidade e relevância das IES e do material de apoio, um modelo que combina desenvolvimento normativo, apoio de capacitação, uma alavancagem do trabalho das organizações profissionais de contabilidade e um programa de monitoramento terá um maior impacto na qualidade da educação contábil e consequentemente da profissão. Esse é o interesse geral.”

O futuro modelo começará as operações em 1° de julho de 2019.

Apêndice 2

Presidente do IAESB delimita os passos que facilitam uma Transição Bem-sucedida para o Novo Modelo

Após a recente nota de imprensa emitida juntamente pela IFAC e o IAESB, o presidente do IAESB Chris Austin compartilhou as medidas do conselho planejadas para facilitar uma transição bem-sucedida.

“Enquanto se opera a transição para o novo modelo de educação contábil internacional, durante o encontro em julho, o IAESB delimitou as medidas práticas a serem tomadas nos próximos meses para finalizar os projetos mais importantes e fornecer total apoio durante a transição. Ao determinar as prioridades, nós temos consciência da necessidade do foco em áreas de interesse das partes interessadas, para manter a alta qualidade dos resultados do IAESB, e a nossa constante vontade de considerar amplamente o interesse público.” “O IAESB tem uma quantidade de projetos prioritários que vão ser completados antes da transição para o novo modelo”. Áreas de foco específico incluem:

Desenvolvimento Profissional Continuado (Norma Internacional de Educação 7 Revisada): Publicação da nova IES revisada, junto com a antecipação do desenvolvimento e publicação dos materiais de apoio para implementação, até o fim de 2018, matéria para aprovação final do Public Interest Oversight Board (Board de Supervisão do Interesse Público).
Atualização dos Resultados de Aprendizagem: Após um amplo envolvimento com as partes interessadas em Tecnologia da Informação e Comunicação e Ceticismo Profissional, planejamos fazer atualizações e, se necessário, desenvolver novos resultados de aprendizagem. As partes interessadas podem esperar ver um “exposure draft” (minuta) até o final de 2018, com a finalização ocorrendo antes do final de junho de 2019.
Resultados de Aprendizagem no Setor Público: Pretendemos elaborar orientação não mandatória para as partes interessadas envolvidos no Desenvolvimento Profissional Inicial (IPD, na sigla em inglês) dos contadores dentro do setor público.
Materiais de Apoio para implementação: levando em conta que essa área continua sendo importante para muitas partes interessadas, o IAESB planeja concluir seu trabalho atualizando seu inventário de suporte à implementação para todas as áreas de foco atuais.
“Muitas partes interessadas vão saber que o IAESB tem explorado áreas de foco adicionais durante reuniões recentes, incluindo, mas não se limitando a”:

Considerando a definição de requisitos de IES para organizações além das organizações membros do IFAC;
Início da revisão da implementação das IES e;
Concentrando-se no impacto das competências comportamentais (inicialmente concentrada no ceticismo profissional, mas agora considerada de forma mais ampla, pois afeta a educação contábil).
Essas atividades serão finalizadas em seu estado atual e passadas para o modelo futuro para consideração. O trabalho sobre competência comportamental será integrado à atualização dos resultados de aprendizagem do ceticismo profissional.

“Uma área que o IAESB está considerando no curto prazo é a combinação potencial de todos os requisitos do IPD IES em um único IES. Também procuraremos consolidar nosso legado de suporte à implementação e outros materiais de orientação para uso pelo modelo futuro. O comprometimento e comunicação com as partes interessadas continuarão sendo prioridade durante esse período agitado das atividades do IAESB e serão coordenadas junto com o novo Grupo Consultivo.”

“Finalmente, gostaria de agradecer aos membros do IAESB, consultores técnicos, os membros do Grupo Consultivo de Compliance, minha vice-presidente, Anne-Marie Vitale, e, claro, a equipe do IAESB. A dedicação dessas pessoas combinada com a sua experiência prática e o inabalável comprometimento com o interesse público, sempre me surpreendem. Os próximos meses provavelmente aumentarão o volume de trabalho de cada um desses indivíduos – a maioria dos quais são voluntários -, mas não tenho dúvidas de que todos os meus colegas estão prontos para o desafio.”

Apêndice 3

IFAC e IAESB em transição do Board de emissão de Normas para um modelo diferente

As seguintes Perguntas e Respostas foram elaboradas para auxiliar os participantes do IAESB, do Grupo Consultivo do IAESB, e do Board da IFAC a responder as perguntas que eles possam receber em relação à nota de imprensa conjunta publicada ou para lidar com seus círculos eleitorais durante esse período de transição. Este documento não faz parte do comunicado publicado.

1. Quem iniciou a mudança?

O assunto está sendo considerado nos últimos cinco anos. O Board da IFAC, em sua reunião de junho, concordou que uma evolução construtiva do IAESB para um modelo mais ágil, abrangente e integrado era necessária para permanecer relevante em um ambiente de mudanças rápidas. Essa posição foi comunicada à liderança do IAESB em junho. A alta direção da IFAC discutiu a mudança do IAESB e do Grupo Consultivo da IAESB em julho.

2. Por que mudar agora?

Tanto a estratégia da IFAC quanto a do IAESB identificam que as macro tendências que impactam a profissão contábil global e reconhecem que, para manterem sua relevância em um contexto de rápidas mudanças, os atuais e futuros profissionais terão que demonstrar habilidades profissionais que vão além das competências contábeis tipicamente reconhecidas. Há uma necessidade urgente de enfrentar esses desafios com uma abordagem mais ágil, abrangente e integrada.

3. Como o futuro modelo vai ser desenvolvido?

Após apresentar a mudança ao IAESB em julho, a alta direção da IFAC e a liderança do IAESB discutiram a criação de um Grupo Consultivo para estabelecer, explorar e refinar os detalhes do modelo. A proposta é que o grupo consultivo, com a participação do IAESB e do Grupo Consultivo do IAESB, comece a operar no começo de setembro. A presidente do grupo consultivo será a Anne-Marie Vitale, vice-presidente do IAESB.

4. Como a mudança se relaciona com a revisão do Grupo de Monitoramento sobre a governança e a supervisão de conselhos internacionais emissores de normas relacionadas à auditoria?

A revisão do Grupo de Monitoramento está centrada na auditoria e na ética. O feedback no documento de consulta do Grupo de Monitoramento, “Fortalecendo a Governança e Supervisão dos Conselhos Internacionais emissores de normas relacionados à Auditoria no Interesse Público” notou o amplo apoio de todos os grupos de partes interessadas para a manutenção das normas de educação da IFAC.

5. Por que o futuro modelo não será supervisionado pelo PIOB?

O modelo terá um mandato mais amplo do que o IAESB. Além de manter as Normas Internacionais de Educação (IES, na sigla em inglês), as responsabilidades incluirão o foco nas necessidades necessárias para os contadores se manterem relevantes no futuro, apoio na capacitação, alavancar o trabalho de organizações contábeis, e o monitoramento de compliance das IES. O modelo será supervisionado pelo Board da IFAC e continuará a progredir no ensino de contabilidade internacional no interesse público e com a legitimidade necessária para que as partes interessadas em todo o mundo continuem a participar e aceitem seus resultados como credíveis.

6. As IES serão mantidas?

Sim. Existe um forte compromisso da IFAC em reter, manter e desenvolver as IES, conforme apropriado.

7. O que acontece com o trabalho do IAESB?

O IFAC reconhece a contribuição significativa que o IAESB tem feito para a educação contábil internacional, e para a profissão contábil global em geral. O IAESB e a IFAC trabalharão em conjunto nessa transição, mantendo a conexão com as partes interessadas, para garantir que o novo modelo possa aproveitar o importante conjunto de trabalhos do IAESB.

A IFAC reconhece a contribuição significativa que o IAESB tem dado à educação contábil internacional e à profissão contábil global em geral. O IAESB e a IFAC trabalharão em conjunto nessa transição e permanecerão conectados com as principais partes interessadas para garantir que o novo modelo possa aproveitar o importante conjunto de trabalho do IAESB.

8. Quando o modelo futuro estará operando?

O modelo iniciará em 1° de julho de 2019.

9. O que o IAESB fará agora?

Com a transição em mente, o IAESB decidiu na sua reunião de julho, entre outras decisões, que deve acelerar a conclusão dos seus projetos prioritários, como por exemplo, a revisão das normas de Desenvolvimento Profissional Continuado e a finalização das novas orientações relacionadas, e o trabalho crucial relativo a Tecnologia da Informação e da Comunicação bem como no Ceticismo Profissional. Também desenvolverá os principais fluxos de trabalho para melhor posicionar o novo modelo aproveitando ao máximo o conjunto de trabalhos do IAESB.

10. A composição e os recursos do IAESB serão afetados de imediato?

Não. O IAESB e o Grupo Consultivo do IAESB farão suas reuniões planejadas para 2018 e 2019 até que a transição para o novo modelo seja finalizada. Não haverá corte no suporte de recursos dado pela IFAC. A seleção para o novo presidente e membros do IAESB para 2019 será mantida como planejada, entretanto seus mandatos serão menores que o normal de três anos.

11. A remoção do status de Board de Emissão de Normas para educação contábil internacional representa uma redução na importância atribuída a essa área?

A educação contábil internacional continua sendo uma área crítica para a profissão contábil global, e reconhecemos que há muitos partes interessadas envolvidos no projeto, entrega, avaliação e credenciamento da educação.

Acrescente a isso a multiplicidade de sistemas educacionais ficando evidente que a educação contábil internacional, incluindo o desenvolvimento profissional continuado, requer uma resposta diferente. Os benefícios antecipados do novo modelo incluem uma coordenação mais rápida de iniciativas que apoiem a educação contábil; e melhor conhecimento, compartilhamento e promoção da educação contábil entre as organizações profissionais de contabilidade.

12. O que essa mudança significa para uma organização contábil profissional?

O modelo futuro é uma abordagem mais ágil, abrangente e integrada para enfrentar os desafios e as oportunidades da educação contábil internacional. Os benefícios antecipados estão comentados na resposta da questão 11.

13. Como as mudanças afetarão as responsabilidades das organizações membros da IFAC sob o Estatuto de Obrigações dos Membros?

Não haverá mudanças nas responsabilidades das organizações membros; no entanto, uma abordagem mais ágil, abrangente e integrada para a educação contábil internacional provavelmente ajudará as organizações membros no cumprimento de suas responsabilidades em relação às Normas Internacionais de Educação (IES, na sigla em inglês) ao proporcionar e oferecer acesso a ferramentas de implementação.

Sobre a IFAC

IFAC é a organização internacional da profissão de contabilidade dedicada a servir o interesse público ao fortalecer a profissão contribuindo para o desenvolvimento de fortes economias internacionais. A IFAC é composta por mais de 175 membros e associados em mais de 130 países e jurisdições, representando quase três milhões de contadores na prática pública, educação, serviço público, indústria, e comércio.

Sobre o IAESB

O IAESB desenvolve padrões de educação, orientação e documentos informativos para o uso de organizações membros da IFAC sob um processo compartilhado de elaboração de normas envolvendo o Public Interest Oversight Board (Conselho de Supervisão de Interesse Público), que supervisiona as atividades do IAESB, e o Grupo Consultivo do IAESB, que contribui para o desenvolvimento das normas e orientações para o interesse público. As estruturas e os processos que apoiam as ações do IAESB são oferecidos pela IFAC.

IFAC Board Meeting (September 2018)

Por Portal CFC

Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!