sexta-feira, janeiro 28, 2022

Instrução Normativa dispensa o Relatório Consolidado de Acompanhamento da Execução Contratual (Relac)

Norma do Tribunal de Contas da União dispensou a apresentação dos relatórios

A Receita Federal publicou hoje no Diário Oficial da União a Instrução Normativa nº 1.886, que revoga todos os dispositivos da Instrução Normativa RFB nº 1.208, de 4 de novembro de 2011, que fazem referência à prestação de informações ao Tribunal de Contas da União (TCU) acerca da execução de contratos de permissão e concessão de portos secos por meio do Relatório Consolidado de Acompanhamento da Execução Contratual (Relac).

As revogações foram motivadas pelas disposições da Instrução Normativa TCU nº 81, de 20 de junho de 2018, que dispõe sobre a fiscalização dos processos de desestatização, ressaltando que a nova sistemática não se aplica aos processos de outorga para exploração de portos secos. A referida norma revogou a Instrução Normativa TCU nº 27, de 2 de dezembro de 1998, que era o fundamento da obrigatoriedade de prestar aquelas informações.

Os portos secos são recintos alfandegados localizados em zona secundária, licitados nos termos da Lei nº 9.074, de 1995.

Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!