terça-feira, janeiro 25, 2022

Para aliviar o bolso, consumidores aprendem serviços

22/07 – Frequentadora assídua de salões de beleza, a bacharel em direito Ana Cláudia Santana optou por reduzir os gastos com os serviços depois de notar  alta generalizada dos preços. Para começar a cortar os custos, resolveu dispensar a manicure e pintar as próprias unhas. Depois, aprendeu a se maquiar, fazer a sobrancelha, cortar e hidratar os cabelos. Hoje, também corta o cabelo da mãe e do pai e vai ao salão apenas para pintar as unhas do pé. “Tinha cadeira cativa no salão, mas tive que aprender a fazer tudo em casa e, hoje, economizo R$ 500 por mês”, diz. 
Em 2011, Ana Cláudia pagava R$ 80 para cortar o cabelo, custo que subiu a R$ 120 neste ano. O aumento no período foi de 33%,  quase cinco vezes acima da inflação oficial no país, de 6,70% nos últimos 12 meses até junho, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O indicador é medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A alta, que também foi sentida em outros serviços, levou a família a assumir outras tarefas. “Aqui em casa cada um lava seu próprio carro. Temos diarista uma vez por semana e nos outros dias nós mantemos a casa organizada”, garante. 
Fonte: Correio Braziliense / por em.com.br
Escrito por: Carolina Mansur, Diego Amorim e Francelle Marzano
Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!