fbpx
quinta-feira, agosto 4, 2022

Previsão da empresa: o que é?

No contexto empresarial, este termo indica um prospecto semelhante a uma demonstração financeira normal.

Ao contrário do último que registra valores reais, a previsão é uma tabela que contém valores de previsão.

Especificamente, ele resume uma previsão que prevê alguns meses . O layout e a finalidade da previsão são semelhantes aos do orçamento. Ambos são ferramentas fundamentais para as atividades de controle gerencial.

Eles diferem no período de análise. De fato, enquanto o orçamento é uma previsão feita para o ano seguinte, a previsão é uma previsão para o ano corrente.

Por exemplo, com base nos valores do ano passado e no valor de tendência do ano atual, é possível fazer estimativas plausíveis. Aqueles com funções operacionais sabem antecipadamente as receitas e custos que a contabilidade registrará nos meses seguintes.

Então qual é a previsão? Um exercício que serve para transformar informações que já estão na cabeça dos empresários, da força de vendas e do departamento de compras em números de balanço.

Como preparar uma previsão?

A elaboração da previsão ocorre em 4 etapas. Aqui está:

  1. Reclassificação do balanço provisório

A reclassificação da demonstração do resultado deve ser feita antes de qualquer outra coisa. Relatórios fiscais que saem de programas de contabilidade são inutilizáveis. Os saldos com seções opostas desempenham apenas funções administrativas e contábeis.

Quando o empresário quer analisar os números de sua empresa, ele não precisa ter demonstrações financeiras em mãos. Alguém tem que reclassificá-los. Caso contrário, torna-se impossível usar os dados para fazer análises, projeções e desenvolver estratégias.

  1. Integração e correção de dados incompletos

Os registros contábeis têm um ritmo mais lento do que as necessidades de informação de quem administra a empresa. Os números de vendas chegam em poucos dias, mas o restante geralmente é desejado. No entanto, é possível obter demonstrações financeiras completas com algumas adições simples.

  1. Cálculo de valores de tendência

Oferece ao empresário um parâmetro fácil de comparar. Indica uma figura de referência pronta para uso, sem ter que fazer nenhum cálculo em mente.

  1. Inserindo os valores esperados

Pode acontecer que os valores expressos pela tendência sejam muito semelhantes aos da previsão. Da mesma forma, pode acontecer que os valores do primeiro semestre do ano incorporem uma venda ou despesa importante que não se repetirá no segundo semestre. Como se comportar nesses casos? A previsão serve para trazer à tona e transcrever de forma ordenada os números e informações que a empresa já possui.

No entanto, você sabe: nem todas as vozes evoluem de forma linear ou tendencial. Alguns podem ser afetados por vários fatores, como a sazonalidade. Esses rumores devem, portanto, ser corrigidos.

Quando preparar a previsão?

Eu recomendo redigir o documento pelo menos duas vezes por ano. Quando? No final do 2º e 3º trimestre.

Ou seja, quando os dados contábeis do final de junho e final de setembro estiverem disponíveis. O recomeço após as férias é como um novo começo de ano.

A previsão elaborada após os registros do 2º trimestre auxilia o empresário a fazer um balanço da situação e dispara as primeiras considerações sobre o cenário dos últimos meses do ano.

A previsão para o final do 3º trimestre é feita nos meses de outubro-novembro, juntamente com o orçamento para o ano seguinte. Na prática: se a empresa quiser fazer algum planejamento para o ano seguinte em novembro, o melhor é primeiro fazer uma estimativa no final do ano corrente.

Quem é rápido e organizado consegue fazer a previsão até no final de cada mês. No entanto, não faz muito sentido fazê-lo nos primeiros meses do ano. Na verdade, eu evitaria pensar no final do ano já em março. A partir de junho, no entanto, pode ficar lá. À medida que o final do ano se aproxima, a previsão será cada vez mais parecida com o balanço final.

Alguns pensamentos finais

O empresário é como o capitão de um navio. Ambos têm uma equipe para coordenar e um destino para alcançar. Às vezes o mar está calmo, às vezes agitado. Tanto o capitão quanto o empresário estão procurando uma rota ideal. Uma direção que os conduz para correntes favoráveis e que os mantém longe do perigo.

O mesmo vale para as empresas. Eles podem ser mais ou menos grandes, mais ou menos complexos de gerenciar, mas as lógicas são idênticas. O empresário deve tomar decisões e transmitir segurança. A experiência é importante, mas uma boa instrumentação de bordo faz a diferença, especialmente quando a competição aumenta.

As ferramentas de navegação evoluíram ao longo do tempo, tornando-se cada vez mais sofisticadas e precisas. Pelo contrário, a “sala de controle” das empresas permaneceu a da década de 1970/80/90. Muitos empresários estão de fato firmes na bússola e no instinto do “lobo do mar”.

Nas empresas, o painel é chamado de controle de gestão. Sua função é processar e gerenciar o sistema de informações da empresa, ou seja, todos os dados que a empresa produz diariamente.

A previsão é o processo mais simples disponível para as empresas fazerem previsões confiáveis. Para ficar claro, podemos dizer que a previsão é um pouco do “irmãozinho” do orçamento e do plano de negócios. Na verdade, os três documentos são todos ferramentas de análise prospectiva. Ou seja, ajudam o empresário a interpretar o futuro de sua empresa.

Ainda hoje, infelizmente, poucos empresários brasileiros adotam processos de orçamento e previsão. Por quê? Porque, em geral, eles estão convencidos de que o único parâmetro seguro para gerenciar o amanhã é o trabalho árduo, feito de cabeça baixa. Tudo está bem. Cada um faz suas próprias escolhas. O importante é não culpar o “mau mercado” quando, levantando a cabeça, você percebe que correu muito, mas… como um hamster na roda.

🤩 SIGA A GENTE NAS REDES
👉 Instagram: https://www.instagram.com/portalcontnews
👉 Notícias via whatsapp: https://cutt.ly/ZIYTk86
👉 Canal no Telegram: https://t.me/contnews

Avaliem o Portal ContNews no Google!
https://g.page/r/CdJrXa-hV3eQEBM/review

#ContNews #Contabilidade

Felipe Valadão Monteiro
Conteudista Portal ContNews - Bacharel em Direito e especialista em Direito Tributário. Advogado desde 2018.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Portal ContNews.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!