terça-feira, janeiro 25, 2022

Verbas rescisórias puxam alta de ações trabalhistas

05/08 – Roberto Dumke / DCI-SP / Fenacon

A falta de pagamento das verbas rescisórias – os valores que a empresa deve ao trabalhador após demissão – é de longe o principal motivo das ações trabalhistas ajuizadas no primeiro semestre de 2016.
Essas verbas ocupam as cinco primeiras posições em um ranking elaborado pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). O aviso prévio, que ocupa a primeira colocação, é assunto de 509 mil processos só neste ano. As multas devidas pela empresa após a demissão e o pagamento de férias proporcionais ocupam as outras quatro colocações.
A rescisão superou inclusive outros questionamentos muito comuns, como o pagamento de horas extras (240 mil ações) e o adicional de insalubridade (247 mil).
Para o fundador do Zanão & Poliszezuk Advogados Associados, Marcos Vinícius Poliszezuk, a explicação para tantos problemas na rescisão é simples: as empresas estão sem caixa. “Até ano passado, muitos trabalhadores teriam conseguido receber essas verbas. Mas agora, a situação está mais grave”, aponta ele.

Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!