quarta-feira, janeiro 26, 2022

Alta do ICMS amplia inflação de 2015 e deve pressionar índices neste ano

11/01 – Renato Ghelfi / DCI-SP / Fenacon

A cidade de Curitiba teve alta nos preços de 12,58% em 2015, o maior índice registrado em todo o País. O aumento foi puxado pela elevação da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que também vai subir em outros estados.
Irene Maria Machado, gerente de pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), afirma que o crescimento do ICMS em Curitiba “teve impacto sobre o preço de mais de 95 mil itens de diversos grupos, como higiene, remédios e alimentação”, o que colaborou para a alta no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2015. Ela lembra que outras cidades, “como Porto Alegre, São Paulo e Brasília”, também poderão ser afetadas pelo aumento do imposto em 2016.
Professor de economia da Faculdade Armando Alvares Penteado (FAAP), Luiz Alberto Machado diz que a alta do ICMS acontece porque “estados e municípios têm problemas graves de orçamento, não conseguem aumentar a captação de recursos com o governo federal e então acabam elevando os impostos”. Já o professor Victor Gomes, da Universidade de Brasília (UNB), explica que “os aumentos na carga tributária são repassados para o consumidor, afetando a inflação” e aponta que a elevação das alíquotas em outros estados “devem causar novos choques sobre os preços no decorrer deste ano”.

Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!