quinta-feira, janeiro 20, 2022

Em junho, juro bancário de pessoa física é o maior em mais de 3 anos

29/07 – Alexandro Martello / G1, em Brasília / 
A taxa média de juros cobrada das famílias pelos bancos subiu pelo sexto mês seguido em junho, para 43% ao ano. E atingiu o maior patamar desde que o Banco Central começou a divulgar esses dados, em março de 2011. A alta aconteceu mesmo depois que o BC parou de subir os juros básicos da economia, o que levou as instituições financeiras a pagarem juros menores para captar recursos no mercado.
Entre abril do ano passado e maio deste ano, o BC subiu os juros básicos da economia (a Selic) de 7,25% para 11% ano, um aumento de 3,75 pontos percentuais. Nesse período, a taxa de captação dos bancos, nas operações com pessoas físicas, subiu um pouco menos: 3 pontos percentuais, para 12% ao ano em maio de 2014. Essa taxa é o quanto as instituições pagam pelos recursos no mercado.
Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!