sexta-feira, janeiro 28, 2022

Fecomércio-RS divulga pesquisa sobre contratações de temporários

A Fecomércio-RS divulgou nesta quarta-feira, 3 de outubro, os resultados da Pesquisa de Temporários 2018. O levantamento aponta que as contratações no varejo gaúcho devem aumentar em 33,1% a força de trabalho dos estabelecimentos. Entre aqueles que pretendem contratar temporários, a quantidade de trabalhadores será, na média, semelhante ao ano de 2017. A pesquisa pode ser acessada aqui.

A entidade ouviu 384 estabelecimentos nos principais municípios gaúchos – Porto Alegre, Santa Maria, Caxias do Sul, Ijuí e Pelotas, entre 28 de agosto e 6 de setembro. Também em comparação com o ano anterior, 54,1% dos estabelecimentos devem contratar a mesma quantidade de funcionários, e 18,9% deles buscarão mais pessoas. Das vagas que estão sendo abertas, 87,8% serão destinadas para as áreas de vendas e comercial e 20,8% para as funções de caixa e crediário.

Outro ponto importante do levantamento diz respeito a possibilidade de efetivação – os estabelecimentos afirmaram que 29,4% dos trabalhadores pode ficar na empresa após o final do ano. O presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, comenta. “A contratação de temporários é positiva tanto para o contratante como para quem está sendo contratado. Elas são a porta de entrada para uma vaga efetiva. Para o contratante é a chance de conhecer novos talentos ou aumentar a produtividade. Todos ganham neste processo”, destaca.

Quem está interessado em se candidatar precisa ficar atento a alguns pré-requisitos. A pesquisa sinalizou, por exemplo, que estão entre as exigências mais frequentes a experiência (37,2%) seguida do grau de instrução (31,5%). Além disso, itens como disponibilidade de horário e qualidades pessoais também são requisitos levados em conta.

Outro ponto mostra como os estabelecimentos que absorveram as novas regras da Reforma Trabalhista. Apenas 5,5% fariam algum tipo de contratação diferente das realizadas nos anos anteriores – 4,2% vão contratar trabalhadores por regime de contrato intermitente e 1,3% a partir da terceirização. As eleições de outubro e a instabilidade que normalmente acompanha esse período tiveram pouca influência na decisão de contratação de temporários. Dos estabelecimentos ouvidos na pesquisa, apenas 10,9% reduziu as contratações devido às eleições.

Por Fecomércio-RS

Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!