quarta-feira, janeiro 26, 2022

O micro e pequeno empreendedor que pensa em inovação está otimizando sua empresa

Novos financiamentos públicos foram anunciados no mês de junho deste ano com o intuito de estimular as pequenas e médias empresas

No mercado nacional é de suma importância que estas empresas tenham acesso a crédito de maneira mais facilitada para que possam investir em projetos inovadores, o que retorna de forma positiva ao mercado nacional gerando produtividade e valor agregado a economia.

O pequeno e médio empresário muitas vezes não tem noção da sua importância no mercado nacional. As micro e pequenas empresas, segundo dados levantados pelo Sebrae em 2018, representam 99% dos 6,4 milhões de estabelecimentos do Brasil. Esta participação dos pequenos negócios na economia brasileira também representa 52% dos empregos com carteira assinada no setor privado, são 16,1 milhões.

Além disso, as micro e pequenas empresas, estão investindo muito em inovação, o que foi um dos principais motivos para a liberação dos financiamentos públicos ocorridos em junho, são empresas preocupadas com a renovação de seus modelos de gerenciamento e de produção, e que mesmo com a instabilidade econômica vivida no Brasil, elas se mantém ativas, preocupadas com a concorrência, com tendências de mercado, e quebrando paradigmas dos modelos tradicionais de gestão.

O caminho da disrupção seguido por algumas destas pequenas empresas inovadoras, está dentro da sua cultura empresarial, dentro do seu DNA por assim dizer. É a própria empresa que todos os dias se reinventa e evita se tornar obsoleta. Este medo é compreensível, já que mesmo sendo grande o número de pequenas e médias empresas no Brasil, também é muito grande o número destas empresas que encerram as suas atividades anualmente.

O pequeno, médio, ou mesmo o grande empresário precisa entender que a disrupção é uma característica muito importante no cenário empresarial. O resultado positivo dessa disrupção, quando aplicado a pequena e média empresa, ao comparar com empresas de maior porte é a questão da flexibilidade nos padrões de trabalho. Essa vantagem faz com que o processo de mudança não seja tão oneroso como em uma grande empresa, onde processos mais antigos já estão consolidados, e por vezes até mais engessados, e adaptações em grandes empresas tem de ser mais burocráticas, demoradas e custosas do que nas pequenas empresas.

O micro e pequeno empreendedor, como possui uma estrutura mais enxuta, com equipes menores e uma maior aproximação com seus clientes é mais ágil e com isso pode ser até mais eficiente que uma empresas que tem mais clientes e mais processos envolvidos.

O micro e pequeno empreendedor também obtém sucesso quando cativa o cliente, esse investimento em interação pode parecer óbvio, mas em alguns empresários passa despercebido. O diálogo no momento da compra ou venda de produtos e serviços, a troca de opinião e experiências pode ser uma forma inteligente de traçar e entender melhor o perfil dos seus fornecedores e cliente, para fidelizar clientes e negociar melhor com fornecedores.

Atualmente, as ações de uma empresa poderão movê-la a um futuro promissor ou não, e isso dependerá de vários aspectos, que não apenas ter produtos e serviços inovadores, e estar sempre se reinventando, ou tendo um bom relacionamento com seus clientes e fornecedores. Em muitos casos é necessário ter uma visão do futuro, entender os anseios dos seus clientes para dispor de um produto ou serviço que se torne fundamental para ele. Esse é um enorme desafio, mas se o empresário tiver uma equipe com profissionais experientes e que tenham expertise no que fazem, isso contribuirá consideravelmente para promover a vinda de novos produtos e serviços inovadores, e de sucesso, e não se esqueça, aproveite a oportunidade e veja sempre se existe algum financiamento público que a sua empresa pode usufruir para criar esses novos produtos e serviços, ou melhorar os já existentes.

Carla Lidiane Müller
Bacharel em Ciências Contábeis, com MBA em Direito Tributário, cursando especialização em Contabilidade e Gestão de Tributos. Trabalha na SCI Sistemas Contábeis como Analista de Negócios e é articulista do Blog Contabilidade na TV desde 2016.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!