sábado, janeiro 22, 2022

Presidente do BC vê alta do dólar e inflação na meta central só em 2016

09/12 – Alexandro Martello / G1, em Brasília
O dólar, que já vem batendo as maiores cotações desde 2005, pode continuar se valorizando no ano que vem – o que ajudará as exportações, segundo o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini. Falando em audiência pública na Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional, Tombini também previu que a inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deve se aproximar mais fortemente da meta central de 4,5% somente em 2016.
“O cenário de maior crescimento global, combinado com a depreciação do real [alta do dólar] deverá impulsionar as exportações do país”, declarou ele, que permanecerá no comando do BC no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff.
Tombini avaliou que existe, neste momento, um movimento global de “fortalecimento do dólar” por conta das perspectivas em relação à política monetária (possível aumento de juros) dos Estados Unidos. “Em função da perspectiva de continuar a economia americana crescendo mais do que as outras áreas economias, há um movimento global do dólar [de valorização]. O real também se desvalorizou. O regime de câmbio flutuante é deixar se ajustar em função do movimento global”, afirmou
Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!