sexta-feira, janeiro 28, 2022

Reabrir negociação salarial com servidores levaria a crise, diz ministro

02/06 – Alexandro Martello – G1, Brasília

 O ministro do Planejamento, Dyogo de Oliveira, declarou nesta quinta-feira (2) que o reajuste dos servidores públicos, aprovado pela Câmara dos Deputados nesta madrugada, já estava acordado e que uma eventual reabertura das negociações salariais levaria à “uma crise de funcionamento do serviço público”.

Em meio a uma forte crise nas contas públicas, com a estimativa de que o rombo fiscal poderá atingir a marca dos R$ 170,5 bilhões neste ano, a Câmara aprovou na madrugada desta quinta 14 projetos de reajustes salariais para servidores dos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e para a Procuradoria-Geral da República, além de militares.

As propostas seguem agora para análise do Senado. O governo do presidente em exercício, Michel Temer, deu aval para o acordo que garantiu a aprovação do reajuste. Um dos projetos, de aumento para defensores públicos, deverá ser analisado só na próxima semana.

Impacto

O ministro do Planejamento confirmou ainda que o impacto dos projetos de reajuste para os servidores públicos, aprovados pela Câmara dos Deputados, terá imapcto total de R$ 52,9 bilhões entre 2016 e 2018. Para este ano, a previsão é de um aumento de gastos de R$ 7 bilhões, valor que subirá para R$ 19,4 bilhões em 2017 e para R$ 26,5 bilhões em 2018.

Clique aqui para continuar lendo.

Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!