quarta-feira, janeiro 19, 2022

Temas trabalhistas, tributários e de comunicação no CONTNEWS desta semana!

A edição desta quarta-feira, 1 de dezembro, do Programa CONTNEWS trouxe novidades, pontos de atenção e dicas das áreas trabalhista, tributária e de desenvolvimento pessoal para auxiliar os contadores a estarem preparados para dar consultoria e o melhor suporte aos seus clientes.

Ao lado do contador estrategista Vanildo Veras, a jornalista e produtora executiva do Portal Contabilidade na TV, Magda Battiston, comandou os debates com o  coordenador-geral do Governo Digital Trabalhista, João Paulo Ferreira Machado, que falou sobre os impactos do fechamento da folha no eSocial na geração da guia DARF da DCTFWeb; a sócia e criadora do Blog Siga o Fisco, Jô Nascimento, que explicou o sublimite do Simples Nacional; e o CEO da Comunica Play, Edgar Caetano, que deu dicas sobre influência de impacto.

Simples Nacional e o Sublimite

Desde 2018, o Simples Nacional tem limite de R$ 4,8 milhões de receita bruta ao ano, contudo, os Estados e Municípios não acompanharam essa evolução e determinaram, muitos deles, o sublimite de R$ 3,6 milhões. Mas qual o efeito prático disso para as empresas? A sócia e criadora do Blog Siga o Fisco, Jô Nascimento, explicou que somente a empresa que tem faturamento até esse sublimite pode pagar o ICMS, imposto estadual, e o ISS, imposto municipal, dentro do Simples Nacional. “Caso a empresa tenha um faturamento anual superior a R& 3,6 milhões não estará excluída do sistema simplificado, porém, deverá fazer o recolhimento do ICMS e do ISS fora do regime”, explicou a especialista em tributos, ao ressaltar que o Simples Nacional, nesses casos, passa a englobar apenas os impostos e contribuições federais.

Jô explicou que muitos empresários ainda se surpreendem negativamente com essa situação, entretanto, para o ano de 2022 há uma novidade: foi publicado no dia 25 de novembro no Diário Oficial uma Portaria do Comitê Gestor do Simples Nacional que estabelece sublimite para efeito de recolhimento de ICMS e de ISS de R& 3,6 milhões para todos os Estados brasileiros e o Distrito Federal. “Agora não precisamos mais nos preocupar se há ou não algum estado com sublimite menor, pois foi estabelecido o mesmo para todos”.

Assista em https://youtu.be/jcz8KyfzWkg?t=671

Impactos do fechamento da folha no eSocial para a guia DARF da DCTFWeb

Após alguns questionamentos sobre o status “em andamento” da DCTFWeb, mesmo após a geração da guia e o pagamento, o coordenador-geral do Governo Digital Trabalhista, João Paulo Ferreira Machado, explicou que essa obrigação acessória só existe a partir de uma escrituração, por isso, quando é feito o fechamento do eSocial é possível gerar a transmissão da DCTFWeb. “Uma vez feito esse fechamento, seja do eSocial ou ainda da EFD-Reinf, a DCTFWeb fica com esse status e disponível para transmissão, que nada mais é que a confissão de dívida para a geração da guia”, explicou ele, ao destacar que, quando é feita a reabertura da folha, a DCTFWeb muda de status. “Independentemente de ter algo a recolher ou não é importante fazer essa transmissão novamente”, alertou.

Ao ponderar que esse período vem exigindo diversos esforços dos contribuintes, o especialista no tema afirmou que ainda estamos em um período de transição, pois o intuito final é que muitas exigências sejam substituídas ou eliminadas do processo para trazer simplificação. Segundo João Paulo, está previsto, por exemplo, o fim da DIRF a partir de 2023. “A EFD-Reinf publicou esta semana o leiaute de utilização para a partir de janeiro de 2023 e, para 2022, nos primeiros meses, haverá a publicação do leiaute do eSocial, que trará também essa versão”.

Assista em https://youtu.be/jcz8KyfzWkg?t=1725

Influência de impacto

Pesquisas internacionais indicam que empresas cujos líderes são exímios comunicadores têm capacidade de rentabilidade 47% maior. Mas, de fato, será que a comunicação, além de melhorar as relações, também tem o poder de aumentar os resultados dos negócios? Ao explicar o conceito de influência de impacto, o CEO da Comunica Play afirmou que sim. “Empresas e profissionais que se comunicam bem transparecem credibilidade e influenciam seus diversos stakeholders. Nesse cenário, os melhores resultados são consequência”, afirmou. “A comunicação é um dos pilares que sustenta qualquer organização, independente do seu tamanho”, acrescentou.

O especialista em comunicação explicou que o conceito de influência de impacto parte da premissa da existência de três camadas: a intrapessoal, onde tudo começa, na mente, na maneira de estruturação do pensamento; a interpessoal, que estabelecemos com as pessoas, seja no ambiente profissional, familiar ou com os amigos; e a extraordinária, com uma comunicação eficaz, eficiente, assertiva e sem barreiras. “A habilidade da influência de impacto passa pelo desenvolvimento dessas três fases. Se a etapa intrapessoal não for bem, não é possível avançar para as demais”, argumentou Edgar, ao reforçar que esse processo envolve técnicas, práticas e ferramentas comunicacionais”.

Assista em https://youtu.be/jcz8KyfzWkg?t=2792

Quer saber mais? Acesse a íntegra do programa em: https://youtu.be/jcz8KyfzWkg

É NOTÍCIA? TÁ NO CONTNEWS.

🔒 Patrocínio @faculdadefipecafi @fenacon_oficial & @sci_sistemas_contabeis

🤩 REDES
👉 Instagram: https://www.instagram.com/contabnatv/
👉 Notícias via whatsapp: https://bit.ly/3iAdizF
👉 Canal no Telegram: https://t.me/contnews

#ContabilidadenaTV #ContNews #Notícias #Atualidades #Contador #DCTFWeb #DARF #SimplesNacional #Sublimite #Comunicação #eSocial

Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!