quarta-feira, janeiro 26, 2022

Tributos devem ser divididos com os fundos dos estados e municípios

10/02 – Abnor Gondim / DCI-SP / Fenacon
A base de cálculo dos fundos de Participação de Estados e Municípios (FPM e FPE) deveria incluir todos os tributos a fim de evitar a concentração de recursos na União.
É o que aponta estudo inédito da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), obtido pelo DCI, sobre os efeitos do pacote de medidas do chamado ajuste fiscal.
Essa partilha evitaria que o governo federal fique, por exemplo, com 90% dos R$ 22,6 bilhões de receita extra prevista este ano com o aumento de tributos anunciado pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Os 10% restantes são disputados por estados e municípios.
“A partilha de todos os tributos seria um grande avanço para fortalecer o pacto federativo”, argumenta o presidente da Febrafite, Roberto Kubsky. E acrescenta: “Os estados não terão um grande retorno. Nossa preocupação maior é que eles têm perdido força tributária, quando o ideal é que a Federação seja fortalecida.”
Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!