quinta-feira, janeiro 20, 2022

Indústria e serviços contribuem para a recuperação econômica do país

Dados analisados pela Secretaria de Política Econômica reforçam a expectativa do crescimento do PIB em 2021

As projeções estimadas na Grade de Parâmetros Macroeconômicos da Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia (SPE/ME) mantiveram o crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) em 3,2% para 2021. A análise destes dados foi apresentada na segunda-feira (22/3), pelo coordenador-geral de Modelos e Projeções Econômico-Fiscais da SPE, Sérgio Gadelha, durante coletiva virtual da Arrecadação das Receitas Federais de fevereiro de 2021.

Para o coordenador-geral, apesar das incertezas com os desafios de enfrentamento à pandemia da Covid-19, deve-se considerar os indicadores no primeiro bimestre, que apontam para continuidade da recuperação da atividade econômica. Para 2022, a estimativa de crescimento do PIB é de 2,5%.

As pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por exemplo, apontam para a contribuição positiva da indústria e do setor de serviços. A produção industrial cresceu 0,4% na passagem de dezembro para janeiro.

O Índice do Banco Central de Atividade (IBC-Br) – um indicador prévio do PIB – avançou 1,04% na passagem de dezembro para janeiro. Trata-se da nona alta consecutiva do indicador, de acordo com o documento da SPE.

Em relação ao emprego, a divulgação mais recente do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) demostra a retomada do emprego formal, com mais de 260 mil novas contratações. Todos os setores contribuíram para o resultado, em especial, a indústria e o setor de serviços.

“As medidas adotadas pelo governo federal em conjunto com o Congresso Nacional continuam relevantes para mitigar os efeitos negativos da pandemia sobre a economia brasileira. É importante destacar que a retomada do crescimento sustentável da economia ocorrerá com a elevação da produtividade, por meio das reformas estruturais e do processo de consolidação fiscal”, explica Gadelha.

Expectativas de mercado

O Prisma Fiscal – sistema de coleta de expectativas de mercado elaborado pela SPE/ME para acompanhar a evolução das principais variáveis fiscais brasileiras – verificou que a arrecadação total em fevereiro foi muito acima do esperado pelo mercado. O sistema de coletas de expectativas oferece oportunidade para o aprimoramento do estudo fiscal no país, além de facilitar o controle social.

“As projeções de mercado sobre a arrecadação federal continuam a indicar expectativas de retomada da atividade econômica. Mas ainda se espera erros de previsão devido à dificuldade de se fazer projeções em meio a uma pandemia”, conclui Sérgio Gadelha.

Por Ministério da Economia

Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!