sexta-feira, janeiro 28, 2022

Valor agregado é arma para enfrentar os dragões asiáticos

22/06 – Adriana Lampert / Jornal do Comércio
“Mudar o óbvio” é o foco principal do trabalho desenvolvido em um dos departamentos da fabricante de móveis Bentec, com sede em Bento Gonçalves. É no setor destinado a cuidar exclusivamente da análise de matérias-primas e pesquisa de tendências que surgem as ideias para produtos com estética inovadora e alta funcionalidade. Mas nem sempre foi assim. O diretor da empresa, Henrique Tecchio, conta que a mudança ocorreu no ano 2000. “Na época, contratamos um designer que traçou toda nossa linha de móveis. Depois vieram outros profissionais desta área, e hoje estamos especializados em pensar ambientes com design arrojado.” O executivo integra um time de fabricantes nacionais que percebeu que investir em projeto de produto resulta em qualificação no mercado. “Desta forma, se ganha mais, vendendo menos”, resume o empresário.
Ao decidir trabalhar com inovação, conceito de marca e aplicação de design, os fabricantes brasileiros de cerâmica também têm conseguido se diferenciar, escapando da briga de preços. Entre abril e maio deste ano, 10 indústrias com foco em revestimentos e louças sanitárias apresentaram peças premiadas, durante a Expo Revestir, na Semana de Design de Milão. “Este é um segmento que tinha tudo para ser considerado commodity, mas está conquistando um outro patamar no mercado”, observa o presidente da BTS, Marco Basso, que costuma acompanhar eventos do setor.
Foi a alta competitividade das commodities chinesas que exigiu que industriários brasileiros passassem a se tornar criativos e inovadores, buscando agregar valor aos produtos, explica Tecchio, que preside o Sindicato do Setor Moveleiro (Sindmóveis) de Bento Gonçalves. Ele avalia que, como resultado de um movimento consistente para difundir o design nacional em feiras no exterior, os consumidores já conseguem entender que a soma de qualidade com funcionalidade justificam a escolha de pagar um pouco mais, para adquirir um produto de valor agregado. “Mas será preciso que tenhamos persistência para mudar definitivamente a cultura de consumo, porque isso deve demorar alguns anos”, admite.
Portal ContNewshttp://www.portalcontnews.com.br
Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Posts Relacionados

Populares

Plantão ContNews

Tem eBook pra você

eBook para DP: Produtores Rurais

eBook para DP: Produtores Rurais

spot_imgspot_img

CADASTRE-SE NA NEWS

Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

OBRIGADO

POR SE INSCREVER!